Cinco passos para seu filho ter uma alimentação saudável

Dia 16 de outubro é comemorado o Dia Mundial da Alimentação. Esse dia, que já é reconhecido em mais de 150 países, objetiva informar e conscientizar quanto às questões relacionadas à nutrição e à alimentação em todo o mundo, destacando a luta contra a fome. É importante destacar a importância da alimentação saudável nos primeiros anos de vida, a dieta materna imprime ao bebê, por meio do leite humano, contato com aromas e sabores diferentes, o que facilita a experiência da criança com alimentos novos.

A seguir, Célia Regina Chaves, nutróloga do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), dá dicas para promover uma alimentação saudável para os pequenos.

Envolva a criança no preparo dos alimentos

É interessante envolver a criança na escolha, compra e preparação dos alimentos, estimulando a criatividade.

A alimentação deve ser fornecida em quantidade e qualidade suficientes

É importante frisar que o prato deve ser feito somente com a quantidade de comida que a criança irá consumir, e estar adequada à necessidade dele, sendo fonte de proteínas que são consideradas alimentos plásticos ou construtores porque são importantes para a construção do organismo, como os nossos ossos, pele e músculos.Carboidratos e gorduras que são consideradas alimentos energéticos porque fornecem energia para as atividades, são eles, cereais, pães, massas, bolo, batatas, açúcar, óleos, gorduras e margarinas. Vitaminas e sais minerais que são consideradas alimentos reguladores e são necessários ao bom funcionamento do organismo, auxiliando na prevenção de doenças e no crescimento. São eles os legumes, frutas e verduras.

Procure variar a forma de preparo

Ralar, amassar, picar, fazer sucos e misturar aos alimentos que a criança gosta é uma forma de atrair o interesse da criança. Sucos de couve com limão, bolinhos de espinafre, chuchu, abóbora, mandioquinha, massas de macarrão com brócolis, lasanha com abobrinha. Doces ou bolos de cenoura, abóbora ou mandioca, purês e patês de cenoura, abóbora, mandioquinha e batata, entre outros.

A alimentação inadequada na adolescência

A alimentação errada na adolescência pode levar ao risco imediato ou a longo prazo de doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, diabetes, osteoporose e obesidade. Por isso é importante manter horários regulares e comer devagar, mastigando bem os alimentos, fazer um café-da-manhã saudável, incluindo as frutas, intercalar as principais refeições com pequenos lanches e frutas, evitar preparações muito condimentadas e frituras. Além de uma alimentação balanceada, a prática de atividades físicas também é saudável para o adolescente, que precisa de mais energia e disposição.

O prato colorido

As refeições coloridas, apresentam um visual bonito que estimulam o apetite e garantem o consumo de todos os nutrientes necessários para uma dieta saudável. A cor das verduras e legumes devem ser variadas ao longo da semana.

About Portal O Rio

O Portal O Rio é um portal de notícias online e independente. Criado em julho de 2014, o site tem como objetivo informar sobre o que acontece no Rio de Janeiro.

Check Also

Pizza: receitas saudáveis e nutritivas

Quem não gosta de pizza? Poucos sabem, mas a pizza é um alimento que fornece vários …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.