Saindo do forno

Novidade alemã no Brasil

Archivnummer: D224964
Mercedes SLC AMG será vendida no Brasil por preço sugerido de quase R$ 399.900 (Foto: Divulgação/Mercedes-Benz )

A Mercedes-Benz anunciou nesta quinta-feira (30), o início das vendas de dois modelos no Brasil. A partir do mês que se inicia nesta sexta-feira, os amantes da marca alemã poderão encontrar nas concessionárias os roadsters SL e SLC, incluindo suas versões AMG (Preparadora de Alta Performance).  Importados, os carros chegam ao país com uma extensa lista de equipamentos, incluindo 6 airbags e sistema de proteção em caso de capotamento.

O SLC 300 é equipado com motor 2.0 litros com quatro cilindros em linha, que oferece 245 cv de potência e 370 Nm de torque, atingindo os 100 Km/h em 5,8 segundos. A versão AMG SLC 43, com motor V6 biturbo e 367 cv de potência e 520 Nm de torque, acelera de 0 a 100 Km/h em apenas 4,7 segundos. Ambas utilizam a transmissão 9G-TRONIC que possibilita mudanças de marcha rápidas e eficientes, melhorando a dinâmica do veículo. Os preços sugeridos são de R$292.900,00 para a versão padrão e R$399.900,00 para a versão AMG.

Com motor V6 de 3,0 litros biturbo, o Mercedes-Benz SL 400 oferece 367 cv de potência. O modelo acelera de 0 a 100 Km/h em 4,9 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). O câmbio 9G-TRONIC pela primeira vez equipa essa família. O novo Mercedes-AMG SL 63, disponível sob encomenda, chega ao mercado com motor V8 biturbo com 585 cv de potência e torque de 900 Nm. A transmissão automática é de sete velocidades e o modelo alcança os 100 Km/h em 4,1 segundos.  O Mercedes-Benz SL 400 e o Mercedes-AMG SL 63 estarão disponíveis em todos os concessionários da marca no Brasil com preços sugeridos de R$ 605.900,00 e R$ 887.900,00, respectivamente.

C3 Com “quê” de Cactus

Após algumas imagens vazarem na internet, a Citroën apresentou oficialmente nesta semana na Europa a nova versão do hatch C3. A previsão é que o modelo, completamente repaginado, comece a ser comercializado no velho continente no início de 2017. A má notícia para nós, brasileiros, é que não há nenhuma sinalização da chegada desta versão por aqui. Vale lembrar que o modelo que circula por aqui, fabricado em Porto Real, no Rio, foi lançado em 2012, três anos depois de ser apresentado na Europa. Quem conferiu a chegada do Citroën C4 Cactus perceberá no vídeo e nas fotos como o carro que chegou com pompa de “concept car” influenciou no desenvolvimento do novo hatch da marca francesa. Os de imaginação mais fértil podem, inclusive, achar algumas semelhanças com o caçula da marca DS – o DS3.

 Mercado

O ranking de carros mais vendidos da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores deve fechar o mês de junho sem muitas surpresas em seu TOP10. Em consulta feita na quinta-feira (30), vemos o GM Onix na liderança isolada, com 11.099 unidades vendidas, seguido pelo Hyundai HB20, que registrou o número de 9.073 carros comercializados. Com índices muito menores de venda estão o restante dos 10 mais vendidos do Brasil. O VW Gol ocupa a terceira colocação (5.565), seguido pelo Renault Sandero, em quarto (5.475), e o Ford Ka (5.417), em quinto lugar. A sexta colocação é do Totota Corolla, com 5.149 unidades, ficando à frente do GM Prisma (5.142) e do Honda HR-V, que registrou 4.854. Fecham o TOP 10, o Fiat Palio, em nono, com 4.075, e o VW Fox, em décimo, com 3.380 unidades comercializadas.

About Sobre carros

Formado em jornalismo em 2005, Vinicius Palermo trabalha desde 2012 como editor em um jornal carioca. Apaixonado pelos automóveis e pelo Flamengo, ama a família e os animais, por quem luta por dias melhores no futuro. Acredita na máxima de plantar o bem para colher o bem.

Check Also

Chute inicial

Entre os mais ligados no setor automobilísticos, poucos foram o que não notaram no carro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.