Maratona teatral gratuita investe em diversidade religiosa, política e cultura popular

Neste mês o Festival Cenáculo chega a sua edição comemorativa de cinco anos. A seleção deste ano traz grupos dos estados de São Paulo, Espírito Santo, Pernambuco e de diversas cidades do Rio de Janeiro. Com forte teor político e debatendo temas de relevância social, a grade do evento contempla os mais variados perfis de espetáculos, como dramas, comédias, infantis e monólogos.

Em tempos conturbados de intolerância religiosa e acirrado debate político, o festival, que tem como mote “Teatro Cristão e Social”, optou por estender o debate ao selecionar espetáculos de religiões de matriz africana e espírita para compor sua grade, em uma tomada de posição a favor do respeito à diversidade. O social ganha espaço em textos com temáticas políticas, de cultura popular e autores consagrados, como Pirandello, Ibsen, Mateis Visniec, entre outros. Alguns dos destaques ficam por conta de “Maria Madalena”, que amplia o debate sobre a cultura do estupro ao discutir o papel da mulher na sociedade – dos tempos bíblicos aos atuais – com uma forte carga feminista; e “Joio”, que trata do abuso sexual sofrido por uma adolescente de 14 anos. Na vertente religiosa do festival, enquanto “A Cabaça da Existência” apresenta um pouco da criação do mundo a partir da mitologia ioruba, “Oficina da Criação” conta a história de Adão e Eva para as crianças, e “Recolhendo Histórias” se baseia em um bestseller do espiritismo para tratar de dois personagens de séculos diferentes cujas vidas são interligadas.

Ampliando sua grade, este ano o festival terá não apenas a mostra competitiva no fim de semana, mas também uma mostra paralela que trará de volta alguns dos campeões do festival em 2015. Ao todo, serão 16 espetáculos com entrada gratuita no Teatro Municipal Raul Cortez, no centro de Duque de Caxias. O Festival Cenáculo começa na terça-feira, 19 de julho e segue até o domingo, 24 de julho. De terça a sexta-feira, a cidade recebe um espetáculo por noite na mostra paralela. Já no sábado e no domingo, há uma verdadeira maratona teatral, com espetáculos ininterruptos durante todo o dia, com intervalos de cerca de 30 minutos entre um e outro. Abaixo, você confere o cronograma de apresentações.

Teatro Municipal Raul Cortez

Praça do Pacificador, s/nº – Centro, Duque de Caxias – RJ

19 de julho, 20h.: – HUMANUS, Cia. Huper – Rio de Janeiro, RJ

20 de julho, 20h.: – OFICINA DA CRIAÇÃO – Cia Tudo Encena – São Gonçalo, RJ

21 de julho, 20h.: – JOIO – Cia. Cerne – São João de Meriti – RJ

22 de julho, 20h.: – CORPOS COM FLORES – Urim & Tumim – Duque de Caxias – RJ

Dia 23

10h.: O DOENTE IMAGINÁRIO – Cia. Depois do Ensaio – Rio de Janeiro, RJ

11:30h.: PRECISA-SE DE VELHOS PALHAÇOS – São João de Meriti, RJ

13:45h.: INIMIGO DO POVO – Cia. Código – Japeri, RJ

15:30h.: A FLOR QUE NELE HABITAVA – Espaço Núcleo – Limeira, Sp

16:50h.: DE TUDO UM POUCO – Cia. Huper – Rio de Janeiro, RJ

18h.: MARIA MADALENA – Cia. Teatro Vivo – Rio de Janeiro, RJ

Dia 24

10h.: KÊ GRACINHA – Núcleo Artístico Gema – Rio de Janeiro, RJ

11:00h.: RECOLHENDO HISTÓRIAS – Grupo Anima de Teatro Espírita – Vitória, ES

13:30h.: FREI MOLAMBO – MF Produção Independente – Garanhuns, ES

14:40h.: A FARSA DO AMOR ACABADO – Cia. de Arte Popular – Duque de Caxias – RJ

16h.: A CABAÇA DA EXISTÊNCIA – Cia. Artêros – Angra dos Reis, RJ

About Portal O Rio

O Portal O Rio é um portal de notícias online e independente. Criado em julho de 2014, o site tem como objetivo informar sobre o que acontece no Rio de Janeiro.

Check Also

Cazuza Pro Dia Nascer Feliz: grátis na Fundição Progresso

Os fãs de Cazuza já podem comemorar! Neste domingo (25), às 17h, o consagrado “Cazuza …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.