Maio a limpo

colunasobrecarros
Produção em maio teve crescimento tímido em relação a abril (Foto: Dilvugação/Volkswagen do Brasil)

Todo início de mês, mas especificamente no dia 6, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) publica sua carta – um dos mais importantes relatórios do setor automobilístico brasileiro, divulgando dados e números que fazem um balanço do mês anterior. A carta referente a maio foi publicada na segunda-feira, portanto algumas notícias já pipocaram por aí, mas vamos aqui na coluna tentar fazer um apanhado maior sobre o setor.

Produção
Segundo dados da Associação, a produção de autoveículos (veículos leves, caminhões e ônibus) alcançou 175,3 mil unidades em maio, número 3,2% maior que o registrado em abril, quando foram produzidos 169,8 mil, mas 18% menor que as 213,8 mil unidades produzidas em maio de 2015. No acumulado do ano, de janeiro a maio, são 834,05 mil autoveículos fabricados, o que representa uma queda de 24,3% em comparação com as 1.101,69 mil unidades produzidas no mesmo período de 2015. Se considerarmos os últimos 12 meses, de junho de 2015 a maio de 2016 foram fabricados 2,16 milhões de unidades, número 25,4% menor que o registrado de junho de 2014 a maio de 2015, quando foram produzidos 2,90 milhões de autoveículos.

Exportações
Com a crise econômica que tanto tira o sono do brasileiro, a saída do produto para fora do país é vista por muitos setores com a solução a curto prazo. E na indústria automobilística a história parece não ser diferente, com números que não nos deixam mentir. Em maio, foram exportadas 46.895 autoveículos montados, sendo 35.808 automóveis e 8.595 comerciais leves. O total alcançado em maio é 23,9% maior que o registrado em abril (37.851) e 15% maior que o obtido em maio de 2015 (40.762).

Se levarmos em consideração o acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o crescimento em comparação com mesmo período de 2015 é de 21,8%. De janeiro a maio de 2016 foram exportadas 183.253 unidades, contra 150.479 autoveículos que saíram do país de janeiro a maio do ano passado.

Licenciamento (Renavam/Denatram)
Apesar das vendas terem crescido pouco em relação a abril, a situação se complica se compararmos com o ano de 2015. No mês passado foram licenciadas 167,5 mil unidades de autoveículos, número apenas 2,8% maior que o registrado em abril, quando foram vendidos 162,9 mil, e 21,3% menor que o alcançado no mesmo mês do ano passado, quando o número de licenciamentos chegou a 212,7 mil.

De janeiro a maio deste ano, no acumulado, os licenciamentos atingiram a marca de 811,74 mil unidades, número 26,6% menor que o registrado nos cinco primeiros meses de 2015, quando foram licenciados 1.106,43 mil autoveículos. Já de junho de 2015 a maio de 2016, são 2,27 milhões de licenciamentos, contra 3,21 milhões de unidades licenciadas entre junho de 2014 e maio de 2015 (-29%).

Entre as empresas associadas à Anfavea, a líder de licenciamentos de autoveículos leves em maio foi a General Motors, com 24.308 unidades licenciadas. A dona do maior crescimento em relação a abril foi a Crhysler, com 450% (2 a 11) e quem caiu mais foi a Smart (4 a 1).

About Sobre carros

Formado em jornalismo em 2005, Vinicius Palermo trabalha desde 2012 como editor em um jornal carioca. Apaixonado pelos automóveis e pelo Flamengo, ama a família e os animais, por quem luta por dias melhores no futuro. Acredita na máxima de plantar o bem para colher o bem.

Check Also

Saindo do forno

Novidade alemã no Brasil A Mercedes-Benz anunciou nesta quinta-feira (30), o início das vendas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.