Chega de Transformers!

transformes
Transformers (Foto: Reprodução Internet)

Esta sendo finalizado mais um filme dos carros/veículos que se transformam em robôs. E eu (assim como muita gente) chega a ter calafrios só de pensar em mais um filme da interminável franquia.

Sempre adorei Transformers. Era um desenho muito bacana do começo da década de 90. E quando soube da primeira adaptação para o cinema, com orçamento de blockbuster, fiquei super empolgado. Tudo bem, a empolgação diminuiu quando Michael Bay foi confirmado pra direção mas ainda sim mantinha minha esperança. Pois bem, veio o filme e o que eu temia se confirmou: efeitos maravilhosos e revolucionários para a época, inversamente proporcionais a profundidade do roteiro e a motivação de seus personagens. Atores medíocres (Shia Labeouf é algo de horrível) e um exagero nos cortes de câmera fizeram do filme uma “diversão de sessão da tarde” muito mediana.

Mesmo com qualidade bem abaixo do esperado, o filme foi extremamente rentável para a produtora, que fatalmente encomendou uma sequência, que saiu pior ainda que o primeiro. E esse ciclo infernal nunca mais teve fim, chegando ao quinto(!!!!) filme da série. E não para por ai: teremos um filme solo do Bubblebee, o Transformer principal da franquia. Ou seja: eles não contentes em espremer a laranja até o caroço, vão tentar aproveitar o bagaço.

Francamente, tem horas que bate até um desanimo. Mas como todo apaixonado, eu ainda acredito em dias melhores. Torçam por mim e pela minha paciência.

About De olho na 7ª arte

Jonathan Miranda é carioca, mas não gosta de praia e ama frio. Criador e gestor do portal PlayStorm, jornalista por formação, amante da 7ª arte e apavorado por estar chegando aos 30 anos.

Check Also

Surrealismo de Luis Buñuel é tema de mostra na Caixa Cultural 

A mostra Luis Buñuel – Vida e obra mostra todas as potencialidades da obra do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.