Novo exame é importante aliado no combate a doenças do fígado

O diagnóstico de fibrose hepática e doença hepática crônica (DHC) agora está mais simples e rápido. Isso porque os pacientes não precisam mais passar por uma biópsia toda vez que necessitarem avaliar o estado da doença crônica no fígado. Com o novo exame, o ELF Test (Enhance Liver Fibrosis), que utiliza apenas uma pequena amostra de sangue, é possível medir a extensão dos problemas no órgão. Segundo Mônica Freire, diretora médica do laboratório Sérgio Franco Medicina Diagnóstica, ao apoiar a decisão de evitar a biópsia, o exame pode reduzir os riscos no processo de tratamento.

“O ELF Test é um exame simples e rápido que utiliza resultados de marcadores sanguíneos que, combinados, geram uma classificação por pontuação. Os pacientes são organizados pela probabilidade de fibrose, o que facilita o entendimento do estágio da DHC e a escolha do tratamento”, explica Mônica.

Segundo a médica, tradicionalmente, o diagnóstico e o acompanhamento da evolução da doença hepática são realizados por meio de biópsia hepática, um procedimento invasivo que fornece informações que podem não representar o estado global do fígado. Diferentemente do que ocorre na biópsia, o escore ELF Test permite analisar o órgão como um todo, de forma minimamente invasiva.

Como funciona o exame

A técnica utiliza exclusivamente marcadores de fibrose para produzir uma pontuação capaz de medir a extensão dos problemas no fígado. Feito com base na análise do sangue, pode evitar a biópsia e técnicas invasivas, “sendo um grande aliado no combate a doenças que atacam o fígado”, reforça Mônica Freire.

Para realizar o exame, o cliente precisa estar em jejum de três horas. Após a coleta do sangue, todos os biomarcadores são analisados em uma única amostra de soro de forma automatizada. Os valores são importados e aplicados em um algoritmo por um software, produzindo uma pontuação.

O resultado numérico do ELF Test permite a classificação de probabilidade de fibrose, comparativamente às classes determinadas pela biópsia hepática (F1 a F4) e, assim, auxilia na alocação de pacientes para o acompanhamento apropriado. De acordo com a médica, o exame pode reduzir, mas não excluir a necessidade de biópsia, principalmente em pacientes cujos resultados do ELF Test caiam numa zona intermediária.

O ELF Test está disponível em todas as unidades Sérgio Franco. Para mais informações sobre o exame, entre em contato com a Central de Atendimento ao Cliente: (21) 2672-7070.

About Portal O Rio

O Portal O Rio é um portal de notícias online e independente. Criado em julho de 2014, o site tem como objetivo informar sobre o que acontece no Rio de Janeiro.

Check Also

Alerta vermelho nas salas de aula

*Dayse Serra De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), no ano 2020 a depressão será …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.