Procedimentos melhoram olheiras e excesso de gordura nas pálpebras

Não se deve confundir as olheiras com bolsas nas pálpebras inferiores. As bolsas surgem devido ao acúmulo de gordura e retenção de líquidos, formando uma sombra na pele da pálpebra inferior que dá a impressão de olheira. Mas o problema não costuma desaparecer com uso de cosméticos.

As olheiras não trazem nenhum desconforto físico e até podem ser sinais de alguma doença. Entretanto, seu maior inconveniente á a aparência de cansaço que dão ao rosto e os comentários inevitáveis de sua presença. Vide as tão faladas olheiras da vice-campeã do Big Brother Brasil, Amanda, que renderam muitos comentários dos telespectadores.

OLHEIRAS E GORDURA
As olheiras surgem de causas que vão desde o cansaço por motivos variados, fatores alérgicos e até problemas renais. Uma vez tratada a causa, as olheiras tendem a desaparecer. “Bolsas abaixo dos olhos caracterizam-se por aumento de volume das três bolsas palpebrais inferiores, em conjunto ou separadas. O aparecimento independe da idade e normalmente tem um fator genético/familiar como a principal causa. Existem pessoas que nunca terão pálpebra inferior “cheia” e pessoas que as terão desde cedo”, explica o cirurgião plástico Gustavo Merheb.

No caso de excesso de gordura, as bolsas podem ser resolvidas pela cirurgia de pálpebras ou “blefaroplastia”. Esse procedimento evoluiu muito nos últimos anos. A mais comum é para a retirada na parte superior dos olhos com a retirada do excesso de pele e tratamento das duas bolsas palpebrais superiores.

Para a pálpebra inferior, o tratamento é bem mais complexo e minucioso. Gustavo Merheb destaca que a técnica mais moderna usada é a retirada da gordura pela parte interna da pálpebra, bem junto ao globo ocular, numa micro incisão, da qual não restará nenhuma cicatriz visível. Caso haja necessidade da retirada de pequeno excesso de pele palpebral inferior, ela será realizada e uma cicatriz praticamente imperceptível será criada abaixo dos cílios inferiores.

No entanto o cirurgião alerta: “Não é todo excesso de pele que conseguiremos tratar na pálpebra inferior, ou seja, se nos for apresentado grande excesso de pele, alguma flacidez ainda permanecerá. Quando se trata da retirada de pele da pálpebra inferior menos com certeza é mais, sob pena de gerarmos um paciente com olhar de peixe morto ou ate mesmo um afastamento indesejado do contato anatômico da pele com os olhos. Isto nunca pode ocorrer”.

A cirurgia de retirada de bolsas nas pálpebras ou “blefaroplastia” tem um pós-operatório bem tranquilo. Dois ou três dias de recuperação, com aplicação de compressas de gelo, cabeceira elevada e repouso relativo são suficientes. Muito pouco para uma cirurgia que apresenta resultados impressionantes e extremamente naturais, com índice elevadíssimo de satisfação.

*Foto Capa: Reprodução Internet

About Portal O Rio

O Portal O Rio é um portal de notícias online e independente. Criado em julho de 2014, o site tem como objetivo informar sobre o que acontece no Rio de Janeiro.

Check Also

Batons metálicos: entre nessa moda você também

Sucesso há alguns anos, os batons metálicos voltaram com tudo! Mas, calma! Apesar de ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.