Serviço 123Alô! dá voz a crianças e adolescentes no Rio de Janeiro

O 123Alô! – A voz da criança e do adolescente é um canal de expressão e participação direta para crianças e adolescentes. O serviço estabelece uma via de diálogo para o público infantojuvenil, propiciando a garantia dos direitos desse público e contribuindo para sua inserção proativa na sociedade. Devido ao grande sucesso do serviço, que recebe em média 300 ligações por mês, o 123Alô! também oferece o atendimento via chat, para crianças e adolescentes que preferem interagir pela Internet.

Para difundir a iniciativa e dialogar sobre as principais questões recebidas e atendidas, a equipe do serviço criou recentemente o Comitê de Participação Infantojuvenil do 123Alô!. O Comitê é composto por adolescentes e jovens que fazem parte de projetos sociais parceiros, como o RAP da Saúde, a ONG Sara de Sepetiba e a Casa do Jovem de Mesquita. O grupo, formado por uma média de 15 integrantes, realiza encontros frequentes para discutir questões relativas às ações do serviço como temas surgidos nos atendimentos. O objetivo é que crianças e adolescentes, principais beneficiados pelo 123Alô!, tenham espaço para opinar sobre o desenvolvimento do serviço, participando de forma ativa e construtiva.

O 123Alô! foi criado em 2009 pelo Instituto Noos (Instituto de Pesquisas Sistêmicas e Desenvolvimento de Redes Sociais), a partir de um convite da rede “Child Helpline International” para que a organização desenvolvesse na cidade do Rio de Janeiro um serviço já reconhecido internacionalmente. As linhas de ajuda para crianças (“childlines”) já existem há muitos anos fora do Brasil e atualmente estão presentes em mais de 140 países da Europa, Ásia, África, América do Norte e América Central. O serviço, que tem patrocínio da Petrobras e do Instituto Embratel Claro, funciona no Rio de Janeiro (áreas com prefixo 21) pelo número 0800 0 123 123 e pelo site. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, exceto feriados.

O 123Alô! fica no Rio de Janeiro e conta com uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais formados nas áreas de Psicologia, Ciências Sociais, Direito e Comunicação. Esses profissionais são capacitados para atender quem está do outro lado da linha ou do computador. A ideia é proporcionar às crianças, adolescentes e jovens o direito de serem ouvidos e de terem sua expressão levada em consideração. Pelo canal, são tratados os mais variados temas, que vão desde dúvidas sobre sexualidade, relacionamentos ou qualificação profissional, até relatos de violência familiar ou extrafamiliar. A confidencialidade é mantida em todas as conversas e o atendido escolhe se quer ou não se identificar.

De acordo com Vânia Izzo de Abreu, coordenadora geral do 123Alô!, o  serviço estimula a resolução de conflitos de forma pacífica, salientando a importância do diálogo e do respeito às diferentes opiniões. “O maior benefício do projeto é a possibilidade de qualquer criança ou adolescente poder conversar, de forma ágil, respeitosa e sem julgamentos, independente do assunto ou do tema. O serviço do 123Alô! é precioso por prevenir violências e também como recurso de promoção da saúde”, explica Vânia.

As demandas mais frequentes recebidas pela equipe têm sido sobre relacionamento afetivo-amoroso ou familiar, busca por informações sobre sexualidade, além de questões gerais sobre saúde. Neste quesito, são abordados temas como uso de drogas e álcool, além de problemas emocionais. A maior parte dos contatos realizados é feito por adolescentes, com idades entre 13 e 17 anos que, em alguns casos, demonstram dificuldades em expressar seus sentimentos para familiares, professores ou colegas.  Em situações específicas que envolvam denúncias de violência, com o conhecimento e identificação da criança, adolescente ou jovem, os casos podem ser comunicados ao Conselho Tutelar mais próximo de sua residência.

About Portal O Rio

O Portal O Rio é um portal de notícias online e independente. Criado em julho de 2014, o site tem como objetivo informar sobre o que acontece no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.