O fenômeno Michael Fassbender

Muitos atores se destacam por serem naturalmente galãs. Outros, por seu talento. E outros por fugirem de papéis comuns ao seu tipo físico. E quando alguém consegue fazer as três coisas e se destacar tanto quanto?

Michael Fassbender é um caso raro na indústria do cinema. Um ator de sensibilidade ímpar, que faz tanto o galã quanto o vilão de forma extremamente verossímil. Certamente um dos grandes atores dessa nova geração.

Seria até um pouco de injustiça destacar alguns papéis do ator alemão, mas vou indicar alguns filmes no qual sua atuação se destaca, mesmo nas vezes que o filme tende a “puxá-lo para baixo”.

  • 12 Anos de Escravidão – Filme vencedor do Oscar de 2014, trata da história de um grupo de escravos tratados a mão de ferro pelo seu senhor, interpretado por Michael. O alemão concorreu ao Oscar de melhor ator coadjuvante pelo papel, perdendo para uma atuação histórica de Jared Leto em “Clube de compras Dallas”.
  • X-Men First Class – Sim, um filme de super herói. Eu não gosto muito do filme, acho somente “ok”. Mas a atuação de Fassbender como o jovem Magneto é impecável (dentro das limitações do papel, obviamente). Vale lembrar que antes desse filme dos mutantes, o personagem Magneto era interpretado por ninguém menos que Sir Ian McKellen, cujo currículo dispensa comentários.
  • Bastardos Inglórios – No filme de 2009 do diretor Quentin Tarantino, Michael interpreta um tenente britânico que é escolhido para se infiltrar nas tropas nazistas junto com os bastardos do título. Mesmo como coadjuvante, consegue se destacar perante os demais atores, principalmente na última cena do seu personagem.

A dica que dou para vocês leitores é: Saiam do comum. Prestem atenção nos atores coadjuvantes pois muitas vezes eles são mais talentosos que os principais.

About De olho na 7ª arte

Jonathan Miranda é carioca, mas não gosta de praia e ama frio. Criador e gestor do portal PlayStorm, jornalista por formação, amante da 7ª arte e apavorado por estar chegando aos 30 anos.

Check Also

Rocky, Creed e o fim de um ciclo

Nos últimos meses vocês, fanáticos por cinema como eu, devem ter acompanhado o teaser e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.