Ganhei um cachorrinho, e agora?

luana-souto
A veterinária Luana Souto explica como proceder com filhotes (Foto: Arquivo Pessoal)

Graciosos, simpáticos e encantadores. Quem nunca se apaixonou por um filhotinho? Pois é.. mas não só de carinho e atenção vivem os cachorrinhos. É preciso alguns cuidados após ganhar, adotar ou comprar um animal. De acordo com a médica veterinária e especialista em dermatologia de pequenos animais, Luana Duarte Souto, a primeira ação que se deve fazer ao adquirir um filhote é levá-lo a um profissional de confiança: “Leve-o junto com a carteira de vacinação e demais documentos para sua primeira consulta pediátrica. Peça que o veterinário indique qual a ração mais adequada ao seu cãozinho e, se for diferente da que estava comendo, faça a adaptação para o novo alimento aos poucos para que não tenha efeitos colaterais como diarreia”. A médica orienta também a esclarecer com o veterinário qualquer dúvida sobre a saúde e o trato com o animal: “Procure perguntar tudo que achar importante, mesmo que as perguntas pareçam ‘bobas’. Lembre-se que ele é um profissional e é a melhor pessoa para orientá-lo”.

ESPAÇO ADEQUADO
A especialista lembra que antes de adquirir um animal de estimação é necessário verificar as condições de espaço para atender as necessidades do filhote. Saber qual a melhor raça (por causa do porte) e as características dela também ajudam, pois o animal muda a rotina da casa e da família. Segundo Souto, alguns acessórios são indispensáveis como dois comedouros (um para água e outro para comida), camas e cobertores confortáveis. “São inúmeras as opções e marcas. As mais indicadas são as caminhas que desmontam para lavar, pois assim evitam odores e alergias respiratórias e de pele”, alerta a veterinária.

Os brinquedos devem ser adequados ao tamanho do cão e fabricados para animais. Ossinhos de couro também podem ser úteis para entretê-los, pois todo filhote tem mania de roer tudo que vê pela frente, mas não devem ser dados em excesso porque eventualmente podem provocar indigestão.

BANHOS E PASSEIOS
Ainda segundo Souto, o filhote só pode passear e tomar banho em pet shops após todas as vacinas serem aplicadas. Com o término do período vacinal, é importante perguntar ao veterinário qual melhor medicamento se enquadra para aplicar no filhote e assim evitar contaminação de ectoparasitas. “É indispensável o uso deste medicamento, pulgas e carrapatos além de morderem seu bichinho, ocasionam pruridos na pele e feridas e também outros tipos de doenças muito perigosas que podem prejudicar a vida do seu pet”, diz ela.

TREINO
Filhotes gostam de roer objetos, comer plantas, rasgar papéis e têm dificuldade de fazer as necessidades fisiológicas no local apropriado. Por isso é indispensável treiná-los e falar em um tom de voz mais alto com eles quando for necessário. “Treiná-los com petiscos é uma excelente opção. Caso não funcione, não tenham paciência, falta de tempo ou dificuldade, a melhor coisa é procurar um profissional adestrador para enquadrá-los na rotina”, orienta Souto, que ressalta que o trabalho de um profissional para educar e ensinar o filhote a se comportar diante de outros animais e pessoas é fundamental.

AMOR E CARINHO
A veterinária lembra também que é importante dedicar um tempo do dia para brincar com o filhote, pois a ação gasta energia, trabalha a coordenação motora e aproxima a relação entre dono e animal: “As caminhadas são indispensáveis para o exercício físico e mental”.

Um animalzinho de estimação não fica por aqui por muito tempo, passar a vida ao lado dele é uma experiência única e inesquecível. Por isso aproveite cada dia como se fosse o último, encha seu novo pequenino de amor, carinho, cuidados e diversão. Ele merece, será seu melhor amigo e companheiro enquanto viver ao seu lado.

About Juliana Torres

Co-fundadora do Portal O Rio, Juliana Torres administra, edita e produz conteúdo para o site e para as redes sociais. A jornalista, que é pós-graduada em Gestão Estratégica da Comunicação, já passou por assessorias de comunicação e redações de jornais impressos.

Check Also

Verão requer cuidados com o pet

A chegada do verão é convidativa para um passeio ao ar livre, viagens e diversão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.