De roupa nova

Ano novo, vida nova, coluna nova. Salve, salve, leitores do Portal O Rio, a partir desta coluna falaremos sobre o mundo automotivo de um jeito um pouco diferente, já que transformações são rotina quando falamos sobre carros.

Apaga fogo

Quem nunca passou sufoco ao ser informado, durante a vistoria anual do veículo no Detran, que o extintor de incêndio estava vencido ou sem carga? O número de casos é tanto que tem até loja situada perto dos postos de vistoria vendendo o acessório. No dia 1º, entrou em vigor uma resolução que determina que todos os carros em circulação no país devem ter extintor do tipo “ABC”, aposentando os modelos que apresentam a classe de fogo “BC”. A diferença é que este modelo combate também incêndios em materiais feitos de madeira e tecidos. Pela lei, todos os carros fabricados a partir de 2005 já contam com este tipo de extintor, mas de qualquer forma vale conferir, para não correr riscos e não doer no bolso. Rodar com o acessório fora das normas é infração grave e prevê multa de R$ 127,69 e inclusão de cinco pontos na CNH.

No topo do mundo

Apesar dos dados oficiais do ano ainda não terem sido divulgados, o Toyota Corolla – com quase 1 milhão de veículos vendidos no mundo – deve conquistar o título de modelo mais comercializado. Com alguma distância para o líder, Volkswagen Golf e Ford Focus figuram entre os três primeiros. Em relação às fabricantes, a Toyota deve fechar o ano na liderança, seguida exatamente pela alemã e pela norte-americana. A tendência é que as coreanas Hyundai e Kia surpreendam pelo crescimento nas vendas.

Troca na Fenabrave

A nova diretoria da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) para o triênio 2015-2017 tomou posse em 1º de janeiro. Presidente executivo da entidade durante o mandato da última diretoria, o empresário Alarico Assumpção Jr. foi eleito presidente, substituindo Flavio Meneghetti. Concessionário representante da Volvo, Hyundai e Honda, Assumpção Jr receberá o auxílio de Luiz Romero C. Faria, 1º Vice-Presidente, e José Carneiro de Carvalho Neto, 2º Vice-presidente. Já outra importante instituição ligada ao segmento automobilístico brasileiro, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), hoje presidida por Luiz MoanYabiku Junior, executivo da General Motors, só troca de diretoria no ano que vem.

Ainda dá tempo

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aumentou em 1º de janeiro, mas ainda é possível encontrar modelos com preços de 2014 nas concessionárias. A expectativa das lojas é que o estoque com IPI reduzido dure até o fim de janeiro. Nos carros com cilindrada até 1.0, a taxa passou de 3% para 7%, nos carros flex de 1.0 a 2.0 subiu de 9% para 11% e nos à gasolina de 10% para 13%. O imposto para os carros acima de 2.0 flex se manteve em 18% e para os movidos a gasolina continua em 25%. Já a alíquota para os veículos utilitários agora pode chegar a 8% e para os caminhões permanece zerada.

Plano revelado

Segundo a revista Quatro Rodas de janeiro, a BMW já tem sua sequência de lançamentos no Brasil definida. O segundo carro a sair da fábrica de Araquari (SC) – o BMW 320i ActiveFlexinaugurou a linha de montagem – será o SUV X3, que compartilha a mesma plataforma do modelo já montado aqui. Ele é aguardado ainda para o primeiro trimestre. Depois serão montados o Mini Countryman e o hatch da Série 1. Já o X1 estreia em dezembro, apenas três meses após o Salão de Frankfurt, em setembro, onde será apresentado para o público alemão. Ainda de acordo com a revista, sairá Jaguar da fábrica que está sendo construída em Itatiaia, no Médio Paraíba. Se trata do sedã XE.

Na próxima coluna apresentaremos o balanço de 2014, já com os dados do fechamento do ano.

About Sobre carros

Formado em jornalismo em 2005, Vinicius Palermo trabalha desde 2012 como editor em um jornal carioca. Apaixonado pelos automóveis e pelo Flamengo, ama a família e os animais, por quem luta por dias melhores no futuro. Acredita na máxima de plantar o bem para colher o bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.