A veraneio e sua triste “missão”

Usada pelas forças de segurança, a Veraneio ficou estigmatizada (Foto: Wikimedia Commons)
Usada pelas forças de segurança, a Veraneio ficou estigmatizada (Foto: Wikimedia Commons)

“Cuidado, pessoal, lá vem vindo a Veraneio
Toda pintada de preto, branco, cinza e vermelho
Com números do lado, dentro dois ou três tarados
Assassinos armados, uniformizados
Veraneio vascaína vem dobrando a esquina”

Composta por Renato Russo e Flavio Lemos quando estes formavam a banda Aborto Elétrico, esta canção foi lançada em 1986 no primeiro LP da banda Capital Inicial e marcou época, deixando na memória de quem a ouvia e cantava a lembrança do período obscuro da história recente brasileira. Pintada de preto, branco, cinza e vermelho, a Chevrolet Veraneio era uma viatura policial e foi com essa “embalagem” que este carro ficou conhecido. Sem entrar em méritos políticos ou sociais e deixando de lado a discussão sobre a segurança pública brasileira, é sobre a Veraneio que vamos falar hoje.

Chevrolet Suburban 1935, modelo que inspiraria a Amazona (Foto: Chevrolet/divulgação)
Chevrolet Suburban 1935, modelo que inspiraria a Amazona (Foto: Chevrolet/divulgação)

Para contar a história da Veraneio precisamos citar aqui a sua “mãe”, a Amazona, versão brasileira da Chevrolet Suburban, uma picape com jeitão daquelas americanas que vemos em filmes que retratam a sociedade norte-americana dos anos 1950. A propósito, lançada em 1935, a Suburban ainda é produzida, mas se modernizando ao longo do tempo. Voltando à Amazona, ela chegou ao mercado brasileiro em 1959, com diferenças em relação ao modelo que circulava nos Estados Unidos, o que é considerado um marco da nacionalização dos carros vendidos por aqui.

Cinco anos após a chegada da Amazona, nasce a camionete C1416– que mais tarde ganharia o nome de Veraneio. Coincidentemente, o carro que foi estigmatizado como símbolo de repressão policial e abuso de poder, chega ao mercado em 1964, quando se consolida o Golpe Militar e é imposto no Brasil o período ditatorial. Redesenhada, a picape recebeu um motor atualizado, com cilindrada aumentada de 3.100 cm³ para 4.200 cm³.

Nos anos 1970, já conhecida como Veraneio, porém mais ainda por suas violentas incursões pelas ruas do País, há mais uma troca de motor e a camionete passa a utilizar o motor seis cilindros do Chevrolet Opala, com 4.100 cm³. A Veraneio ficou no mercado até o final da década de 1980. Em 1990, chega ao mercado a Bonanza, que mais tarde seria substituída por um modelo que, pelo menos no Rio de Janeiro, também tem sua história ligada aos carros de polícia, a Blazer.

Fica aqui o desejo para que nunca mais um carro tenha sua história ligada a um período de crime contra os direitos humanos, repressão policial e abuso de poder. Fica aqui o desejo para que cenas como as que permaneceram na memória daqueles que temiam o que poderia acontecer depois que a Veraneio dobrasse a esquina nunca mais se repita.

MERCADO

Faltando pouco mais de 15 dias para darmos adeus ao ano de 2014, temos mudança na liderança do ranking mensal da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Até sábado, 13 de dezembro, a liderança do mês estava novamente nas mãos do Volkswagen Gol, que registrou 9.018 unidades vendidas. Em segundo lugar, estava o Fiat Palio, com 8.694, e em terceiro, o Chevrolet Onix, com 8.110. Fechavam o TOP5, o Hyundai HB20, com 5.687 e o Ford Ka, com 5.238 unidades comercializadas.

O destaque da semana vai para o Nissan Versa, que – talvez pelos descontos provenientes da queima de estoque dos modelos importados do México que ainda precisam sair do pátio antes do começo da venda da versão fabricada por aqui – tem tudo para fazer uma ótima marca novamente. Até agora foram comercializadas no mês de dezembro 1.207 unidades. Em novembro, foram 1.972, a melhor marca do ano.

 

About Sobre carros

Formado em jornalismo em 2005, Vinicius Palermo trabalha desde 2012 como editor em um jornal carioca. Apaixonado pelos automóveis e pelo Flamengo, ama a família e os animais, por quem luta por dias melhores no futuro. Acredita na máxima de plantar o bem para colher o bem.

Check Also

Central do Brasil entra no circuito do Rolé Carioca 2017

Neste domingo (25), acontece o Rolé Carioca 2017, passeio que visa unir história e turismo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.