Hora de comprar

Apesar dos números de produção e licenciamentos de autoveículos terem crescido em setembro, em comparação com agosto, a situação de crise na indústria automobilística continua deixando pátios cheios de veículos e engrossando a fila dos desempregados.

A carta da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) publicada no último dia 4 revela que a produção nos nove meses deste ano foi de 2,38 milhões de unidades, número 16,8% menor se comparado ao mesmo período do ano passado. Já o número de licenciamentos (2,53 milhões) está 9,1% menor se comparado com os primeiros nove meses de 2013.

A esperança das fabricantes é que o mercado aqueça após a realização do Salão Internacional do Automóvel, que ocorrerá no final deste mês, em São Paulo. De qualquer forma, mesmo se o mercado aquecer um pouco mais, de alguma forma os pátios terão que ser esvaziados. Assim, para reduzir o ritmo da produção a cada mês uma fabricante anuncia um número de funcionários demitidos. O consumidor, pode, no entanto, lucrar também com a crise do setor, já que começam a surgir descontos e promoções nas concessionárias.

Por isso, este final de ano pode ser uma boa época para pechinchar aquele modelo dos sonhos por um precinho mais camarada. Pode ser uma boa hora de barganhar mais por uma versão mais completa do carro que você tanto ama. E vale a pena também ficar de olho nas promoções de juros zero, que não nos obriga a pagar quase R$ 10 mil a mais só de taxas.

Resta saber, no entanto, como o mercado e a indústria reagirão ao resultado da eleição presidencial e se o próximo presidente eleito já prometerá, antes de assumir, algum incentivo, ou – no caso da vitória da situação – tomará alguma atitude realmente efetiva.

BMW
Em contrapartida com a situação de crise que vive a indústria automobilística brasileira, há o que se comemorar. Uma das primeiras fabricantes a aderirem ao Inovar-Auto, a alemã BMW iniciou em sua fábrica de

Araquari, em Santa Catarina, a produção de seu primeiro modelo em solo brasileiro. O primeiro carro a sair da linha de montagem, no último dia 9, foi um BMW 328.

Inicialmente, o carro chegará ao Brasil desmontado e passará somente pela fase de montagem em Santa Catarina, mas com o passar dos anos a unidade fabril deve ganhar setores de pintura e soldagem. Também serão montados os modelos X1 (ainda este ano) e Série 1, X3 e Mini Countryman (2015). Agora é torcer para que a chegada de outras marcas de luxo, como Audi, Mercedes e Jaguar Land Rover aumente o nível dos produtos vendidos no país.

Mercado
Infelizmente ficaremos devendo os números de mercado desta semana, pois o site da Fenabrave está fora do ar. Atualizaremos assim que for possível.

 

 

 

 

 

 

About Sobre carros

Formado em jornalismo em 2005, Vinicius Palermo trabalha desde 2012 como editor em um jornal carioca. Apaixonado pelos automóveis e pelo Flamengo, ama a família e os animais, por quem luta por dias melhores no futuro. Acredita na máxima de plantar o bem para colher o bem.

Check Also

Saindo do forno

Novidade alemã no Brasil A Mercedes-Benz anunciou nesta quinta-feira (30), o início das vendas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.