Dinheiro fácil

No mês passado, a revista Exame trouxe em sua capa a foto de um senhor de terno, com a manchete “100 bilhões em uma década”. Este senhor é Carlos Alberto de Oliveira Andrade, ou para os mais íntimos, CAOA, nome conhecido na indústria automobilística brasileira e mundial. Médico de formação, ele é dono da empresa que produz e vende modelos da Hyundai no Brasil. Além disso, o Grupo Caoa tem revendas Ford e Subaru e um faturamento, segundo a mesma edição da revista Exame, de R$ 100 bilhões de 2004 a 2013. A Caoaé definitivamenteuma das gigantes do mercado brasileiro, e repete, como as outras, o grande erro das fábricas por aqui. A inexistência do pós venda.

É claro que as estatísticas não são feitas de casos particulares, mas não posso deixar de contar por aqui um caso que ocorreu com um parente próximo. Em 2009, desembarcava no Brasil, importado pelo Grupo Caoa o Hyundai I30, trazendo tecnologia de sobra, um bom motor 2.0 de 145 cavalos e beleza para encantar muitos gostos. Logo o carro já estaria vendendo 3 mil unidades por mêse assumiria a liderança dos hatches médios no ano seguinte, em 2010.

Foi em 2012, que este parente próximo foi convencido por mim a comprar o I30. Sempre se falou muito bem do carro e ele entregava benefícios que os concorrentes só teriam em versões muito mais caras. Enfim, carro comprado e cliente satisfeito. Só que esta missão quem cumpriu foi o Hyundai I30, sem nenhum mérito para Caoa.

Agora, dois anos depois, quando era a hora da Caoa entrar em campo e mostrar a gigante que é, veio a falha. Após um sinistro com o carro, entramos em contato com o seguro e pedimos que o carro fosse levado até a Hyundai Caoa na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, já que as revisões sempre foramrealizadas por lá. Nada feito! Para a nossa surpresa, fomos informados que o reparo não poderia ser feito ali, pois não tinha serviço de lanternagem.

Após levar o carro para outra oficina da Caoa no mesmo bairro, recebemos a informação que nos chocou. A única autorizada Hyundai Caoa que fazia o trabalho de lanternagem ficava em Itaboraí, na Região Metropolitana. Para quem não conhece, fica um pouco depois de São Gonçalo.Entre uns que falavam que podia levar em qualquer oficina e outros falavam que ia perder a garantia de qualquer forma, resolvemos apostar no que a marca recomenda, que é sempre utilizar concessionárias e oficinas autorizadas. A seguradora rebocou o carro e o levou aAmx Hyundai, de Itaboraí.

Fica aqui o agradecimento ao consultor técnico que tomou conta do carro por lá. Mesmo com uma quantidade imensa de veículos em seu pátio, já que aquela é a única autorizada do Grupo Caoa que faz o serviço de lanternagem e pintura no Rio de Janeiro, ele agiu como um profissional e entregou o veículo em tempo menor que o prometido.

Graças ao bom atendimento prestado nesta autorizada o cliente continua satisfeito com o Hyundai I30, mas a Caoa quase estragou a festa. Fica, portanto, a dica. Antes de comprar um carro Hyundai importado pelo Grupo Caoa, como Elantra, I30, Ix35, Azera e até o Equus, que custa a bagatela de R$ 300 mil, pergunte ao vendedor onde levar o seu carro em caso de um sinistro. Vale ressaltar que o problema, pelo menos por enquanto, não afeta a linha HB20. As fábricas brasileiras precisam começar a praticar o pós-venda, mas para isso o consumidor tem que exigir, pois se já se fatura R$ 100 bilhões em dez anos sem pós-venda, para que o trabalho?

MERCADO

O Fiat Palio está firme na liderança dos autos mais vendidos em outubro, segundo o ranking Fenabrave, com 9.635 unidades comercializadas até sábado, dia 18. Em segundo lugar, está o Volkswagen Gol, com 7.237 modelos vendidos até agora, seguido de perto pelo Chevrolet Onix, com 7.189. Completam o TOP 5, Hyundai HB20 (6.132) e Fiat Uno (5.744).

Com 5.237 unidades vendidas neste mês, o Volkswagen Fox parece ter fôlego para ajudar a Volkswagen a se recuperar dos baixos números. Com a comercialização de 1.198 unidades até agora, o Honda City tem tudo para fazer o melhor mês do ano. Consequência do lançamento da nova versão, que colocou o modelo em outro patamar.

 

 

 

 

 

 

 

 

About Sobre carros

Formado em jornalismo em 2005, Vinicius Palermo trabalha desde 2012 como editor em um jornal carioca. Apaixonado pelos automóveis e pelo Flamengo, ama a família e os animais, por quem luta por dias melhores no futuro. Acredita na máxima de plantar o bem para colher o bem.

Check Also

Despedida da SAAB

Conhecida pela espetacular Volvo e a fora de série Koenigsegg, a lista de fabricantes de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.