Tanyx: um aliado dos atletas

Atletas de longas provas de corrida sofrem com lesões nos pés. Problemas comuns como joanete, tendinites e fratura por estresse, entorses, luxações, ruptura de ligamentos e tendões, fraturas nos ossos e contraturas musculares, são as causas de afastamento das atividades físicas. Segundo especialistas, esses problemas acontecem porque os pés batem no chão quase mil vezes por quilômetro. A cada passada, eles absorvem uma força superior ao peso corporal de cada atleta. Os 26 ossos dos pés, 33 articulações e 122 ligamentos são perfeitamente desenhados para a corrida, mas o desgaste é inevitável. Há, porém, uma boa notícia inclusive para quem vai correr a Meia Maratona Internacional do Rio: a recuperação muscular ganhou um aliado, o primeiro e único aparelho de TENS portátil que pode ser aplicado pelo próprio paciente.

Tanyx: neuroestimulação elétrica transcutânea
Tanyx: neuroestimulação elétrica transcutânea

TENS é a sigla em inglês de Transcutaneous Electrical Nerve Stimulation, ou neuroestimulação elétrica transcutânea, em português. O aparelho libera leves choques, que estimulam a corrente elétrica dos nervos, proporcionando a liberação de opiáceos endógenos, que são substâncias produzidas pelo próprio organismo com poder analgésico. Prático, inovador e eficaz, o produto já é usado por atletas profissionais e amadores. O tratamento com o aparelho é indicado para lombalgia, cervicalgia, osteoartrite e artrose, dorsalgia, tendinite crônica, além de outras dores nas extremidades superiores e inferiores. “Ele auxilia no tratamento convencional, acelerando os resultados”, destacou o ortopedista Bruno Brandão.

COMO FUNCIONA

A dor é transmitida ao cérebro através das fibras nervosas sensitivas A-delta e C. A primeira é responsável pelo envio de dores agudas e imediatas; já a segunda, pelas constantes e crônicas. A eletroestimulação nervosa proporcionada pelo Tanyx ativa as fibras nervosas do tipo A-Beta, que enviam mensagens de não-dor ao cérebro. A competição entre o estímulo transmitido por esta fibra e a fibra C, leva ao chamado fechamento do “portão da dor”, bloqueando a transmissão dos estímulos dolorosos até o cérebro.

SEM DEPENDÊNCIA

O Tanyx não tem efeitos colaterais, não causa dependência e pode ser utilizado como terapia complementar à fisioterapia e tratamentos medicamentosos. Ele possui dois condutores em gel que podem ser aplicados diretamente na pele, três padrões de pulso elétrico (contínuo e intermitente) e três regulagens: baixa, média e alta. A recomendação de uso é de duas vezes ao dia, durante 20 minutos cada. A bateria dura aproximadamente 6 horas, ou até 18 sessões.

O aparelho, da Farmoquímica, pode ser encontrado nas principais farmácias a custo médio de R$ 55.

About Bianca Garcia

Co-fundadora do Portal O Rio, Bianca Garcia administra, edita e produz conteúdo para o site e para as redes sociais. Com experiência em jornal impresso e mídia social, a jornalista formada pela FACHA é também graduanda de Letras/Literatura pela UFF e pós-graduanda em Gestão Estratégica da Comunicação pelo IGEC.

Check Also

Corrida: especialista orienta cuidados ao treinar

A prática da corrida está cada vez mais em moda, mas, alguns aspectos como a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.